As 7 coisas mais raras do mundo

Postado por: ozueira Gamer
A pedra mais rara
A pedra mais rara do planeta Terra é a painite. Ela, que foi descoberta em 1950 em Burma, teve apenas duas pedras encontradas. Alguns anos depois mais exemplares foram achados, mas nenhum tão claro e belo quanto as primeiras.

                                                       A assinatura mais rara
No mundo existem apenas seis assinaturas do famoso escritor William Shakespeare, isso torna elas extremamente raras e valiosas. Cada uma vale algo em torno de 3 milhões de dólares.

                                                                    O mais raro livro
Existem muitos livros raros no mundo, mas o principal deles é a Bíblia de Gutenberg. Esse foi o primeiro livro impresso da história em 1456. Existem algumas centenas de cópias, mas o original mesmo vale uma fortuna, algo em torno de 30 milhões de dólares.

                                                O mais “raro” prédio do mundo
Cada prédio é único, por isso podemos dizer que todos são raros, mas existe um lugar a venda que é o mais excêntrico e diferente do planeta. Esse local é o Castelo de Bran, o famoso lugar que inspirou a criação da história do Conde Drácula. Esse castelo antigo vale algo em torno de 135 milhões de dólares.

                                                                O mais raro vinho
Uma das garrafas de vinho mais raras da história é a Lafitte Th. J. 1787. Ela foi comprada por 160 mil dólares. Ela foi encontrada em um muro de Paris e muitos acreditam que foi de Thomas Jefferson.

                                                            O mais raro carro
O Phantom Corsair de 1938 é o carro mais raro do mundo, pois apenas um foi construído. Ele foi feito para ser um modelo do que seriam os carros do futuro, com aerodinâmica especial e um visual único. Ele não possui nenhum preço previsto, mas pode valer milhões.

O mais raro elemento do mundo (talvez a coisa mais rara em todo o mundo)
Astatine é um material altamente radioativo. Ele foi descoberto em 1940 e depois disso mal se viu ele por aí. Acredita-se que exista, em todo o mundo, apenas uma colher desse material.

Comentários:

0 comentários:

Postar um comentário